ALGIZ 10X melhora a resposta à emergência Tablet robusto fornece atualizações instantâneas e dados confiáveis

O robusto tablet Algiz 10X oferece funcionalidade de comunicação em tempo real, em qualquer lugar, para bombeiros, paramédicos e motoristas de ambulância, simplificando os protocolos de resposta.

Desafio

Melhorar a comunicação durante chamadas de resposta a emergências, de forma que todos os envolvidos possuam informações confiáveis em tempo real. 

Solução

Duas dúzias de tablets robustos Algiz 10X, montados em suportes nas viaturas e ambulâncias, de forma que os socorristas possam acessar informações e atualizar situações instantaneamente. 

Resultado

Registros com marcação de tempo para cada etapa de uma resposta, conversa via rádio reduzida e comunicação confiável compartilhada durante emergências.

Em uma situação de resposta a emergências, o tempo é o ativo mais importante que bombeiros, paramédicos e ambulâncias possuem – qualquer coisa que os ajude a trabalhar mais rápido e eficientemente tem um impacto ampliado em seu sucesso. A capacidade de conhecer o estado atual de uma situação e responder de acordo pode literalmente significar a diferença entre a vida e a morte. 

A Cruz Vermelha Islandesa e o Corpo de Bombeiros e Resgate da Capital compreendem o valor da comunicação confiável e oportuna, e seu investimento em duas dúzias de tablets robustos Algiz 10X Handheld permitiu que economizassem tempo precioso e reduzissem os tempos de resposta a emergências para viaturas de bombeiros e ambulâncias. A melhor comunicação, navegação, tomada de decisões e confiabilidade provaram o valor desses dispositivos várias vezes. 

A ferramenta correta em uma emergência

A Cruz Vermelha Islandesa é responsável por todas as ambulâncias no país; O Corpo de Bombeiros e Resgate da Capital supervisiona bombeiros e paramédicos na área de Reykjavik, a capital nacional. E, como em todas as equipes de resposta a emergências, as principais preocupações são comunicação clara, resposta eficiente e resultados bem-sucedidos. 

Elas iniciam no minuto em que a central 112 mais próxima (o sistema telefônico de emergência do país – como o 911 nos EUA) recebe uma ligação de emergência que exige resposta de um bombeiro ou ambulância – a ligação aciona toda uma cadeia de ações. 

No passado, essas organizações utilizavam computadores não robustos, prontos para uso, com telas sensíveis ao toque. Mas os ambientes severos, a extrema necessidade de mobilidade e a importância da confiabilidade apontavam para tablets portáteis robustos. Suas principais prioridades eram recursos integrados e forte suporte. Após algumas pesquisas online, o revendedor local Edico sugeriu o Algiz 10X Handheld e eles compraram 24 unidades. 

Olafur Ragnarsson, gerente e desenvolvedor de software do Corpo de Bombeiros e Resgate da Capital, diz que “os acessórios disponíveis do Algiz 10X, como o encaixe para veículos, e o bom suporte que a Handheld oferece em sua base de conhecimento facilitaram a decisão de escolher os computadores Handheld.“ 

Comunicação essencial, instantaneamente

Usando um software personalizado no Algiz 10X, o processo de resposta a emergências é simplificado e imediato. Um telefonista da central 112 realiza um pedido de resposta, que aparece nas telas de todos os veículos de emergência em serviço; todos possuem um Algiz 10X montado em suporte para veículos para facilitar o uso com um dedo. O operador do veículo disponível mais próximo simplesmente pressiona um botão na tela para aceitar a chamada e imediatamente obtém todas as informações pertinentes – incluindo navegação em tempo real para o local utilizando o GPS integrado ao tablet. Enquanto dirigem para a cena, qualquer informação atualizada aparece em sua tela em tempo real. 

Quando os socorristas chegam, eles tocam em outro botão para mostrar que estão "Na Cena." Depois de avaliar a situação, eles comunicam o status novamente e, quando estão prontos para outra chamada, pressionam "Disponível" e o ciclo recomeça. Esta comunicação eletrônica simples evita mal-entendidos e atrasos, e torna a comunicação mais eficiente em geral. “A comunicação de voz por rádio fica menos ocupada, pois muita comunicação é realizada nos portáteis”, diz Ragnarsson. “Bombeiros, paramédicos e as centrais 112 concordam com isso.” 

Recursos de resgate em tempo real

O sistema permite que o tablet robusto comunique o máximo possível de informações úteis. Por exemplo, se uma ambulância estiver transportando alguém para um hospital, pressiona-se "Fora da Cena" e indica-se qual instituição médica selecionada. Eles recebem instruções de navegação na tela e as informações da chamada são retransmitidas para o hospital. Se uma viatura de bombeiros estiver respondendo a uma chamada, ela verá um mapa para navegação, bem como edifícios próximos, hidrantes e outros dados – eles podem planejar sua estratégia antes de chegar à cena. 

E cada vez que um socorrista atualiza o status – desde aceitar uma chamada até estar disponível para a próxima chamada – essa resposta é marcada com o tempo, de forma que a central 112 tenha um registro preciso de cada etapa. 

Funcionalidade simples e durabilidade robusta

Em uma situação de emergência, a última coisa com que alguém quer lidar é uma tecnologia complicada ou difícil de usar. A combinação do software e do Algiz 10X torna o processo intuitivo. Respostas simples com um botão são tudo o que é necessário para a maioria das ações, e a tela de 10 polegadas visível à luz do dia do tablet exibe informações claramente em todos os ambientes. 

E a mudança de dispositivos prontos para uso por tablets robustos foi reveladora. O Algiz 10X possui classificação IP65 e atende aos rigorosos padrões militares de desempenho em ambientes hostis; pela própria natureza de seus trabalhos, os socorristas trabalham em ambientes desafiadores. Eles podem retirar o portátil do veículo e utilizá-lo na cena, sem se preocuparem com chuva, poeira, frio ou mesmo quedas acidentais. 

Esta robustez também proporciona maior confiabilidade e durabilidade. 

“Depois que começamos a usar o Algiz 10X, a necessidade de manutenção de hardware diminuiu significativamente, e é muito pequena agora”, observa Ragnarsson. 

Capacidades inovadoras à frente

Com toda a funcionalidade integrada disponível, as organizações têm planos maiores para seus tablets móveis. Por exemplo, há planos de disponibilizar o Algiz 10X na parte de trás das ambulâncias, para que os profissionais médicos possam se comunicar em tempo real com os hospitais sobre as condições e o tratamento dos pacientes durante o trajeto. 

E esses computadores robustos altamente capacitados oferecerão um novo nível de segurança para os “smokedivers” - bombeiros que precisam utilizar aparelhos de respiração para acessar prédios em chamas ou fumaça pesada. Membros do corpo de bombeiros atualmente rastreiam o uso de oxigênio e o tempo em condições perigosas de cada smokediver com uma placa de plástico e uma caneta de marcação; em breve, utilizarão o software no Algiz 10X para projetar a taxa de uso de oxigênio e rastrear o tempo do smokediver na zona perigosa. O comandante do local receberá uma notificação automática quando um bombeiro precisar "sair." O tablet será montado em um tripé no local para que o comandante possa usá-lo com as mãos livres. 

No caos e ambiente de alta tensão das respostas a emergências, ferramentas que oferecem eficiência simples e confiável valem seu peso em ouro. Isso pode não ser literalmente verdadeiro para o Algiz 10X, mas se você perguntar a um bombeiro, paramédico, motorista de ambulância ou central 112, eles lhe dirão que esses tablets robustos fizeram uma grande diferença apoiando o que fazem: salvar vidas.