Computadores robustos são mais do que apenas “carcaças duras”

Mesmo os usuários profissionais de laptops, tablets e smartphones robustos muitas vezes ficam inseguros sobre o que define um "computador robusto", quais testes validam a robustez e como esses testes são realizados.

Computadores robustos versus "robustecidos"

Um computador verdadeiramente robusto é muito mais do que apenas um computador normal, envolto em uma caixa exterior dura. Considere a diferença entre um computador "robusto" e um computador (ou tablet ou smartphone) "robustecido". O termo "robustecido" dá a sensação de que os componentes internos frágeis foram protegidos de alguma forma — mas um computador verdadeiramente robusto é projetado de dentro para fora para operar de forma confiável em ambientes e condições muito duras.

Computadores e smartphones móveis, resistentes e duráveis estão crescendo em demanda e popularidade. Alguns dispositivos convencionais são anunciados como robustos devido a características como resistência à água, mas estes dispositivos são robustecidos, e não verdadeiramente robustos. Eles podem ser à prova d'água, mas lhes falta outros aspectos de robustez, tal como a capacidade de resistir a choques e vibrações ou funcionar bem em temperaturas extremas.

Como testamos nossos dispositivos portáteis robustos?

Para serem considerados robustos, os computadores têm que passar por vários testes de resistência. Os padrões da indústria são os métodos de teste MIL-STD e a escala IP (Ingress Protection).

  • Os testes MIL-STD, ou seja, o padrão militar dos EUA para equipamentos incluem vinte e quatro métodos de testes de laboratório que garantem que o equipamento pode lidar com: a baixa pressão em grandes altitudes; a exposição a altas e baixas temperaturas, além dos choques térmicos; chuva; umidade; areia e exposição à poeira; vazamentos; e choques e vibrações.
  • A escala de proteção contra a entrada (IP - Ingress Protection) mede dispositivos para proteção contra poeira e líquidos. As classificações são apresentadas como um número de dois dígitos. O primeiro dígito reflete o nível de proteção contra poeira, e o segundo dígito reflete o nível de proteção contra líquidos (água).  Uma classificação IP65 garante proteção completa contra poeira e proteção contra jatos de água.

Esses padrões de teste medem a capacidade de um computador suportar os ambientes mais difíceis do mundo. Veja como os testes mais importantes são realizados, por fatores ambientais individuais:

Testes de queda e choque: Oito procedimentos de teste de queda diferentes provocam choque ou impacto de diferentes maneiras. O "teste de queda em trânsito" é o mais citado. Ele exige que os itens sobrevivam a um total de 26 quedas de uma altura de 122 cm, em cada face, borda e canto, sobre uma superfície dura, tal como concreto.

Testes de resistência contra líquidos: Durante os testes de resistência à água, um computador é exposto a jatos de água poderosos, de muitas direções. A duração do teste, o volume e a pressão da água variam de acordo com a classificação.

Testes de vibração: Os testes de vibração usar agitadores de laboratório para simular estar num veículo ou ser transportado por uma pessoa, com variações na forma de onda, frequência e intensidade das vibrações, dependendo do tipo de dispositivo e do ambiente a ser simulado.

Teste de areia e poeira: Os procedimentos de resistência à poeira testam a penetração de pequenas partículas de poeira. Farinha e areia são projetadas sobre o dispositivo em altas velocidades variáveis de vento e em altas temperaturas por várias horas, conforme o dispositivo é girado.

Testes de temperaturas extremas: Os testes para operabilidade em temperaturas altas e baixas incluem expor o aparelho ao calor ou frio extremos, enquanto ele está desligado (armazenamento), enquanto ele está sendo ligado e utilizado (operação), e enquanto ele está sendo utilizado em temperaturas operacionais normais, depois de ter sido exposto a temperaturas de armazenamento mais altas (espera tática até a operação).

Testes de umidade: Durante os testes de umidade, os computadores são expostos ao calor tropical com umidade bem acima de 90 por cento, durante vários dias. Muitos das mesmas características que tornam os computadores móveis resistentes à líquidos também ajudam a prevenir danos causados pela alta umidade.

Criando um computador robusto

Como os fabricantes criam dispositivos móveis robustos que podem passar nesses testes e obter altas classificações MIL-STD e IP?

Aqui estão algumas maneiras:

  • Ao contrário dos computadores normais, a maioria dos computadores robustos não tem partes móveis internas, tais como ventoinhas ou discos rígidos rotativos. Em vez de possuírem discos rígidos rotativos, os computadores robustos têm drives de estado sólido — drives sem componentes mecânicos móveis — que são mais resistentes a choques físicos.
  • Os computadores robustos possuem reforços, normalmente feitos de alumínio, para evitar que os componentes internos e placas flexionem durante um impacto. A carcaça externa (case) e os amortecedores são projetados para absorver energia de uma queda, para evitar danos internos.
  • A tela sensível ao toque em um smartphone ou computador normal é basicamente vidro com um revestimento para torná-la sensível ao toque. Os computadores robustos possuem telas que usam vidro quimicamente reforçado para proteger contra arranhões e rachaduras. As telas também podem ser posicionadas mais baixo do que os invólucros circundantes, para diminuir a sua vulnerabilidade
  • A luz de fundo da tela é usada para melhorar a leitura ao ar livre, mesmo sob luz solar direta.
  • Alguns computadores robustos são equipados com aquecedores internos, a fim de operar com sucesso em ambientes muito frios. O aquecedor esquenta os componentes até um nível de funcionamento aceitável, e elimina a condensação que surge a partir de mudanças de temperatura.

Resumindo, cada detalhe e pequenas peças de um computador verdadeiramente robusto são pesquisadas, desenvolvidas e escolhidas para tornar o computador tão robusto quanto possível.

Com uma compreensão mais profunda dos padrões e testes para determinar a robustez, você estará mais bem equipado para escolher o computador móvel, tablet ou smartphone robusto que se adapte às suas necessidades singulares.

Se você quer um computador robusto, não compre um computador robustecido. Computadores robustos são construídos — por dentro e por fora — para serem robustos. Aqui, não há peças frágeis envoltas em uma carcaça dura.